Gerente Executivo de futebol Igor Carvalho destaca que o futebol brasileiro terá que se reinventar pós-pandemia

Onze!Press Comunicação - Produção de Conteúdo Esportivo - CLIQUE AQUI

Pato de Minas (MG) - O gerente executivo de futebol Igor Carvalho destaca que o futebol brasileiro de uma forma geral terá que passar por um processo de reinvenção pós-pandemia do novo coronavírus. "Ainda não sabemos com clareza como será o futuro, como será o retorno do torcedor ao estádio e principalmente como será o engajamento dos patrocinadores. A equipes sim, correm o risco de sofrer graves perdas financeiras e demorarão para recuperar ou quem sabe até mesmo não recuperar mais. Fala-se muito em clube empresa o que já acontece muito na Europa, por exemplo, como no futebol inglês e alemão. No Brasil é uma novidade. Mas, será um caminho que talvez seja a salvação desde que se tenha gestões responsáveis e profissionais para comandar", ressalta o gerente executivo Igor Carvalho

Chegou o momento de mudança

Para o gerente executivo de futebol Igor Carvalho, não se pode fugir da realidade. A partir de agora, segundo Igor Carvalho, vai se buscar ainda mais organizar o cronograma do clube, com profissionais especializados nas áreas de atuações e principalmente o papel do marketing será o grande responsável pelas receitas do clube. "Juntamente com equipes competitivas e que atraiam ainda mais o público. Para isso gestores buscarão atletas mais preparados, comprometidos e, especialmente, que trarão um retorno financeiro para o clube. Chegou a hora da mudança e de sair do normal, o clube que não mudar e não se reinventar vai ficar para trás e as consequências serão uma má gestão, péssimos resultados, dívidas e fechamento de portas", completou Igor Carvalho, que atuou como gerente executivo de futebol do Esporte Clube Mamoré (MG), em 2019, alcançando o objetivo do clube que era o acesso para o Módulo II do Campeonato Mineiro em 2020. 


CLIQUE AQUI E LEIA MAIS NOTÍCIAS DO GERENTE EXECUTIVO IGOR CARVALHO