Treinador Marcus Dantas opina sobre como será o futebol pós-pandemia


Rio de Janeiro (RJ) - O treinador Marcus Dantas está aproveitando da melhor forma possível este período de confinamento por conta da pandemia do novo coronavírus. Marcus Dantas participa de diversas conferências sobre a sua profissão, além de cursos on-line, com objetivo de manter-se atualizado. E, às quartas-feiras, o treinador Marcus Dantas integra um grupo de reunião on-line denominado Reunião dos Treinadores do Brasil. No primeiro trimestre deste ano, o treinador Marcus Dantas esteve trabalhando no FC Kopundole, no futebol do Nepal.

Futebol pós-pandemia

Para o treinador Marcus Dantas, a pandemia modificou de uma forma geral a vida das pessoas, e dentro disso, está o futebol. "É o momento para termos calma e sabedoria para interpretar algumas situações. O pós-pandemia no futebol será bastante complicado e atingirá a todos que vivem deste esporte. Penso que devemos ter união em todo o processo, dirigentes, jogadores e comissão técnica. Não poderemos ter vaidades a partir de agora. Podemos tirar algo positivo deste problema. A metodologia de treinamentos poderá ser afetada, por conta, do pouco tempo de preparação que teremos. Os clubes terão que ter folhas de pagamentos ajustadas, sem fazer loucuras em contratações e salários. Mas, acredito que pouco a pouco caminharemos para uma normalização do futebol", destacou o treinador Marcus Dantas

Carreira do treinador Marcus Dantas

Antes de comandar o FC Kopundole do Nepal, quando salvou o time de uma queda de divisão, o treinador Marcus Dantas (foto) esteve a frente de times no futebol brasileiro, especialmente, no Rio de Janeiro, quando dirigiu o Teresópolis, Macaé, 7 de Abril (quando subiu esta equipe da Série C para a Série B do Estadual) e no Växjö United, da segunda divisão da Suécia, onde obteve sete vitórias consecutivas. Agora, no Brasil, o treinador Marcus Dantas aguarda por novas propostas para assumir uma equipe.

✍️ Eduardo Pires