Treinador Celso Rodrigues afirma que indefinição sobre a volta com segurança do futebol, causa prejuízo aos clubes


Chapecó (SC) - Para o treinador Celso Rodrigues, o retorno do futebol catarinense era aguardado por todos os profissionais que trabalham com o futebol diretamente e indiretamente, mas, ressalta, que somente com autorização dos órgãos competentes e com os protocolos de segurança, para que todos estivessem protegidos e com segurança para poderem exercer suas funções com tranquilidade. "O futebol catarinense, após um longo período parado devido à pandemia, retornou e teve apenas um rodada, e foi interrompido novamente devido ao aumento do coronavírus, e agora, vai retornar novamente. Estas indefinições causam um transtorno e prejuízos aos clubes participantes do campeonato", destacou o treinador Celso Rodrigues, que avalia propostas para voltar ao comando de uma equipe.

Trabalho dos treinadores fica prejudicado

Segundo o treinador Celso Rodrigues, a indefinição do campeonato acaba ocorrendo uma interferência muito grande no trabalho dos técnicos das equipes. "Temos clubes que não possui calendário, e atletas que acabaram contratos e causa um problema para o técnico que não poderá contar com estes jogadores para jogos importantes. Além disso, tem que trabalhar a parte técnica, tática, física, psicológicas. É muito importante o atleta estar com a cabeça tranquila para pode desenvolver o seu trabalho em campo da melhor maneira possível, pois esses profissionais se  preparam  para jogos que talvez não aconteça na data marcada", concluiu o treinador Celso Rodrigues. De acordo com a Federação Catarinense de Futebol (FCF), o retorno da competição, com autorização do governo do Estado, será nesta quarta-feira.

📷 Lucas Pavin/Agência Avante