Grêmio Maior doa elástico para confecção de máscara no interior do RS


Com esta ação poderão ser confeccionadas em torno de 2,3 mil máscaras para o uso durante a pandemia

As diversas ações que estão sendo realizadas por representantes do futebol têm ajudado muitas pessoas no Rio Grande do Sul nesta crise em virtude do novo coronavírus. E o Movimento Grêmio Maior está engajado neste momento para ajudar. No dia 11 de abril, em uma ação de integrantes do Grêmio Maior e da Cofanit, foram entregues 350 cestas básicas à comunidade do bairro Humaitá, onde está localizada a sede do Grêmio Maior, e casa do Grêmio, a Arena.

Nesta quarta-feira, 22, em ação de uma mobilização dos integrantes do Grêmio Maior, Alberto Pinzetta e Epifânio Loss, foram entregues cerca de 800 metros de elástico para confecção de máscaras na cidade de Lajeado. Com esta metragem, podem ser produzidas em torno de 2.300 máscaras para serem doadas às pessoas mais necessitadas, em Lajeado, cidades vizinhas, e também para a comunidade que reside no bairro Humaitá, onze está localizada a Arena do Grêmio. 

Segundo Alberto Pinzetta, o trabalho voluntário de corte e costura será feito por mulheres do 1º Consulado Feminino do Grêmio. "Em nome do Grêmio Maior, queremos agradecer a disponibilidade destas mulheres abnegadas que farão as máscaras que irão beneficiar muitas pessoas. É, sem dúvida, um ato de amor ao próximo", destacou o conselheiro gremista, Alberto Pinzetta

CLIQUE AQUI E LEIA MAIS NOTÍCIAS DO GRÊMIO MAIOR