sexta-feira, 10 de agosto de 2018

TÉCNICO ALEX XAVIER AGUARDA PROPOSTAS PARA VOLTAR AO COMANDO DE UM TIME!

Alex Xavier é cliente da Onze!Press
Após trabalho realizado nesta temporada no comando do Brasil de Farroupilha durante o Campeonato Gaúcho da Divisão de Acesso, o técnico Alex Xavier está disponível no mercado para assumir um novo desafio no futebol. Alex Xavier que encerrou a sua carreira aos 38 anos e imediatamente começou a investir em estudos para ser treinador, como cursos na Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Em março do ano passado, o ex-zagueiro Alex Xavier recebeu a oportunidade de assumir um time profissional pela primeira vez neste início de carreira como treinador. Alex Xavier, agora, com 40 anos, mostrou muita competência comandando o Esportivo, de Bento Gonçalves, no Campeonato Gaúcho da Divisão de Acesso. Até então, ele era auxiliar técnico. 

ALEX XAVIER COMENTA:

"Minha carreira começou como treinador quando parei de atuar aos 38 anos e logo iniciei os cursos da CBF. Fiz estágio com o Roger Machado, quando ele foi treinador do Grêmio. Depois recebi convite para ser auxiliar técnico no Esportivo em 2016 e um ano depois assumi como técnico principal. Agora, este ano assumi o Brasil de Farroupilha na metade da Divisão de Acesso, sem um planejamento elaborado por mim desde o começo. E as coisas não aconteceram como imaginei. Mas, diante da situação, consegui melhorar dando um padrão tático ao time. A organização do clube também evoluiu. Eu voltaria ao comando Brasil durante a Copinha neste semestre, mas não foi possível por falta de investimento financeiro no clube. Inclusive, coloquei, que era melhor reestruturar para voltar forte. Agora, estou esperando uma proposta para trabalhar"

Alex Xavier vem recebendo algumas sondagens, mas por enquanto, nada de concreto. Com um futuro bastante promissor pela frente, Alex Xavier quer assumir um clube o mais breve possível. Alex Xavier foi zagueiro do Grêmio, campeão da Copa do Brasil em 2001, sob o comando do Tite, hoje treinador da seleção brasileira. Depois vestiu as camisetas de outros clubes como Criciúma, Portuguesa de Desportos, Fortaleza, Paysandu, Brasil de Pelotas, entre outros. Como técnico do Esportivo foram 15 jogos e apenas uma derrota. 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...